Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/1014
Title: Influência do acesso endodôntico minimamente invasivo na eficácia de quatro localizadores eletrônicos foraminais
Authors: GONÇALVES, Érica Melo
metadata.dc.contributor.advisor: CANDEIRO, George Táccio de Miranda
Issue Date: 2020
Citation: GONÇALVES, Érica Melo. Influência do acesso endodôntico minimamente invasivo na eficácia de quatro localizadores eletrônicos foraminais. 2020. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências Odontológicas) – Centro Universitário Christus, Fortaleza, 2020.
Abstract: A presente pesquisa analisou a influência dos acessos endodônticos minimante invasivos na eficácia de quatro diferentes localizadores eletrônicos foraminais. Foram utilizadas 30 raízes de molares superiores humanos extraídos por motivos alheios à pesquisa. Os dentes apresentavam rizogênese completa e três raízes separadas, sendo excluídos dentes que apresentaram tratamento endodôntico prévio e calcificações na câmara pulpar. Para medição do comprimento real do conduto (CRC) as pontas de cúspides foram aplainadas utilizando-se ponta diamantada #3080, de modo padronizar à 17 mm. Em seguida, os acessos coronários foram realizados com ponta diamantada #1014HL em alta rotação até a trepanação da câmara pulpar no centro da face oclusal e estendida com a broca 3080 somente quando necessário para a localização dos orifícios de entrada dos canais, preservando a dentina peri-cervical e parte do teto da câmara pulpar. A lima anatômica inicial escolhida foi a lima tipo K #10 foi levada até o forame apical (patência foraminal) até que sua ponta fosse visualizada com o auxílio de um microscópio clínico (aumento de 16X). Foram excluídos da pesquisa os dentes que não foram possíveis a realização da patência foraminal. As leituras odontométricas foram realizadas com 4 diferentes LEFs (Root ZX II, Romiapex A15, VDW Gold e Finepex), considerando o ponto de referência eletrônica o 0,0 (Apex) em cada aparelho. Em seguida, as câmaras pulpares foram acessadas convencionalmente para completa remoção do teto, sendo realizadas novas medidas. As discrepâncias entre as leituras visuais e eletrônicas foram analisadas estatisticamente pelo teste ANOVA e Fisher, sendo considerado significante quando P <0,05. Foi observado que as leituras dos aparelhos foram semelhantes em cada tipo de acesso (P>0,05), havendo uma tendência maior à submedições (P<0,05). Nos acessos minimamente invasivos, a leitura dos aparelhos foi significantemente mais precisa quando comparadas aos acessos convencionais (P <0,05). Dessa forma, concluiu-se que os AEMI influenciaram sobremaneira a eficácia dos LEFs avaliados.
Keywords: Endodontia
Odontometria
Cavidade pulpar
Tratamento conservador
URI: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/1014
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Ciências Odontológicas - Dissertações Defendidas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ÉRICA MELO GONÇALVES.pdf1.58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.