Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/1140
Title: Orçamentação tradicional vs. Orçamentação pelo BIM: um estudo de caso em Flexeiras - CE
Authors: BEZERRA BISNETO, Manoel Avelino
metadata.dc.contributor.advisor: QUESADO FILHO, Nelson de Oliveira
Issue Date: 2021
Citation: BEZERRA BISNETO, Manoel Avelino. Orçamentação tradicional vs. Orçamentação pelo BIM: um estudo de caso em Flexeiras - CE. 2021. Monografia (Graduação em Engenharia Civil) – Centro Universitário Unichristus. Fortaleza, 2021.
Abstract: Tendo em vista o avanço do mercado da construção civil, o orçamento é uma das principais áreas estudadas antes de se iniciar uma obra, onde são informados todos os custos que o empreendimento apresenta. A partir disto se buscam novas alternativas para elaboração de orçamentos de forma a aumentar a sua precisão, melhorar a eficiência e reduzir erros humanos. O avanço tecnológico permite que a metodologia BIM – uma tecnologia de modelagem multidimensional amplamente utilizada no desenvolvimento de projetos na construção civil – ganhe cada vez mais espaço no mercado mundial. Esta metodologia trabalha em diversas dimensões, sendo o orçamento e quantitativos a sua 5ª dimensão, tendo como diferencial uma execução com maior grau de automação. Assim, o trabalho busca por meio de um estudo de caso, realizar uma comparação entre um orçamento feito da metodologia tradicional e outro feto pela metodologia BIM em um empreendimento de casas multifamiliar duplex localizados na região de Flecheiras-CE. Para elaboração do orçamento, executa-se a modelagem do projeto estudado no software Revit, após a conclusão, a extração quantitativos é executada em outro software, o navisworks, a partir deste levantamento aplicar a composição de custos utilizada no orçamento tradicional. Essa aplicação de custos tem como finalidade permitir uma comparação entre os dois levantamentos simulando a mesma realidade de custos do período de execução da obra. Após a elaboração do orçamento ambos são analisados e comparados, permitindo uma avaliação dentro dos parâmetros levantados. Isso permitiu concluir quais os impactos que a metodologia BIM pode trazer para um empreendimento no quesito orçamento, classificando o resultado das comparações em positivas ou negativas, e informando se o uso do BIM para orçamentos de obras é viável ou não. Analisando os resultados percebeu-se que o BIM é mais preciso, porem é uma metodologia onde responsável técnico precisa ser capacitado o suficiente para evitar que problemas de levantamento ocorram como aconteceu com o serviço de estrutura em concreto armado, mostrado no trabalho.
Keywords: Orçamento
Construção Civil
BIM
URI: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/1140
Appears in Collections:Engenharia Civil - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Manoel Avelino Bezerra Bisneto.pdf1.01 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.