Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/797
Title: Avaliação da precisão de diferentes localizadores eletrônicos foraminais em dentes submetidos a tratamentos endodônticos iniciais e retratamentos
Authors: LIMA, Ilana Thais de Freitas
metadata.dc.contributor.advisor: CANDEIRO, George Táccio de Miranda
Issue Date: 2019
Citation: LIMA, Ilana Thais de Freitas. Avaliação da precisão de diferentes localizadores eletrônicos foraminais em dentes submetidos a tratamentos endodônticos iniciais e retratamentos. 2019. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências Odontológicas) - Centro Universitário Christus, Fortaleza, 2019.
Abstract: O objetivo do presente estudo foi avaliar a acurácia e a eficácia de quatro diferentes Localizadores Eletrônicos Foraminais (LEFs): Root ZX II (J. Morita, Tóquio, Japão), RomiApex A15 (Romidan, Kiryat-Ono, Israel), FinePex (Schuster, Porto Alegre, Brasil) e VDW Gold (VDW, Munique, Alemanha), na determinação do comprimento do canal radicular durante as etapas de tratamento e retratamento endodôntico. Vinte e sete dentes unirradiculares humanos tiveram suas coroas seccionadas, a fim de padronizar os dentes em 17mm. O comprimento real do canal radicular foi obtido pela visualização com microscópio operatório de uma lima #15 justaposta ao forame apical. Os dentes foram instrumentados com limas R25 e R40 e, ao final do uso de cada instrumento, foram feitas medições dos comprimentos dos canais radiculares com limas #25 e #40, respectivamente. Em seguida, os dentes tiveram os canais radiculares obturados e, após sete dias, foram desobturados com os instrumentos R25 e R40. Novas medições foram feitas com limas #25 e #40 após a desobturação com cada lima. Os dados foram analisados estatisticamente pelos testes ANOVA e Qui-quadrado, sendo considerado significante quando P<0,05. No tratamento endodôntico inicial, foi observado que todos os aparelhos apresentaram uma tendência a submedições com o diâmetro 0,25 mm, apresentando o aparelho Root Zx II a menor acurácia (P<0,001). No diâmetro 0,40 mm, a acurácia média do aparelho Romiapex A15 foi estatisticamente maior do que a dos demais LEFs (P<0,001), apresentando uma tendência a sobremedições. Não foram observadas diferenças na eficácia dos aparelhos em função do tamanho do diâmetro apical (P>0,05). Durante o retratamento endodôntico, o aparelho Root ZX II foi o que apresentou maior estabilidade nas leituras odontométricas com LEFs. Em relação aos limites aceitáveis de variação, foi observado que os aparelhos apresentaram semelhantes eficácias na determinação do comprimento dos canais radiculares (P>0,05), tanto com o diâmetro 0,25 mm como 0,40 mm. No entanto, foi observado que as leituras feitas com os canais desobturados com lima R25 foram estatisticamente piores do que as dos canais desobturados com lima R40 (P<0,001). Concluiu-se que os LEFs apresentaram menor eficácia no retratamento endodôntico em comparação ao tratamento endodôntico inicial. Observou-se que o material obturador remanescente pode influenciar a eficácia dos LEFs. No entanto, todos os aparelhos testados apresentaram eficácia semelhante quando observado os limites aceitáveis em ambas as situações.
Keywords: Endodontia
Odontometria
Retratamento
URI: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/797
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Ciências Odontológicas - Dissertações Defendidas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ILANA THAIS DE FREITAS LIMA.pdf635,03 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.