Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/1274
Title: Comparação in vitro dos padrões de fratura para a osteotomia sagital da mandíbula de acordo com as modificações de Hunsuck/Epker, Wolford e Posnick
Authors: FRANCO, Jéferson Martins Pereira Lucena
metadata.dc.contributor.advisor: BEZERRA, Tácio Pinheiro
Issue Date: 2022
Citation: FRANCO, Jéferson Martins Pereira Lucena. Comparação in vitro dos padrões de fratura para a osteotomia sagital da mandíbula de acordo com as modificações de Hunsuck/Epker, Wolford e Posnick. 2022. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências Odontológicas) – Centro Universitário Christus, Fortaleza, 2022.
Abstract: O objetivo do presente estudo foi comparar os padrões de fratura, visualização do nervo alveolar inferior e o torque necessário para a divisão sagital mandibular de acordo com as técnicas de Hunsuck/Epker, Wolford e Posnick. 60 mandíbulas suínas foram usadas para realizar 120 osteotomias de divisão sagital do ramo mandibular. Conduzido como um modelo de boca dividida de forma randomizada duplo-cego, cada mandíbula foi dividida na linha média, totalizando 120 hemimandíbulas. Um sistema de teste foi projetado visando comparar o torque em newtons necessário para separar a mandíbula utilizando as técnicas de Hunsuck/Epker, Wolford e Posnick e o padrão de fratura lingual de cada divisão foi classificado. Todos os resultados foram examinados e o nível de significância (p) foi estabelecido em <0,05. As forças de torque foram significativamente menores (p<0.001) ao utilizar a técnica de Posnick quando comparadas com a técnica de Hunsuck/Epker e Wolford. Os grupos Wolford e Hunsuck/Epker apresentaram maior prevalência de fratura lingual sobre a região posterior ao canal mandibular (p<0.001), em quanto o grupo Posnick obtive maior frequência de padrão de fratura lingual sobre o sulco milo-hióide (p<0.001). Mais de 90% das divisões dos Grupos Wolford e Hunsuck/Epker, apresentaram uma visualização superior a 50% do nervo alveolar inferior. Já no grupo Posnick 90% apresentaram uma visualização do nervo alveolar inferior a 50%. Em conclusão, a osteotomia sagital utilizando a técnica de Posnick reduz a possibilidade de fratura indesejada da mandíbula e danos ao nervo alveolar inferior, em modelo animal, além de produzirem resultados mais previsíveis com torque reduzido. Deve-se ter cuidado ao extrapolar os resultados dos protocolos em animais para aplicações com humanos no ambiente clínico.
Description: FRANCO, Jéferson Martins Pereira Lucena. Comparação in vitro dos padrões de fratura para a osteotomia sagital da mandíbula de acordo com as modificações de Hunsuck/Epker, Wolford e Posnick. 2022. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências Odontológicas) – Centro Universitário Christus, Fortaleza, 2022.
Keywords: Fratura Indesejada
Osteotomia mandibular
Cirurgia maxilofacial
Cirurgia ortognática
Osteotomias
URI: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/1274
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Ciências Odontológicas - Dissertações Defendidas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JÉFERSON MARTINS PEREIRA LUCENA FRANCO.pdf4.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.