Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/1310
Title: Desenvolvimento e avaliação de aplicativo móvel com gamificação como recurso educacional em otorrinolaringologia para médicos residentes
Authors: ROCHA, Ana Lívia de Barros
metadata.dc.contributor.advisor: OLIVEIRA, Patrícia Maria Costa de
Issue Date: 2022
Citation: ROCHA, Ana Lívia de Barros. Desenvolvimento e avaliação de aplicativo móvel com gamificação como recurso educacional em otorrinolaringologia para médicos residentes. 2022. Dissertação (Mestrado Profissional Ensino na Saúde e Tecnologias Educacionais) – Centro Universitário Christus, Fortaleza. 2022.
Abstract: As transformações humanas na forma de pensar, agir e se organizar, demandam um constante processo de adaptação e readaptação por parte dos indivíduos nas diversas realidades em que estão inseridas. As características das novas gerações, os avanços de tecnologias digitais de informação e comunicação, os desafios da formação médica especializada e o estilo de vida da humanidade no século XXI, refletem-se nas formas de ensinar e aprender, assim como na compreensão, desenvolvimento e incorporação de técnicas e métodos que possibilitem um aprendizado mais equilibrado com outros âmbitos da vida do aprendiz, buscando aliança entre saúde física, mental e bem-estar. Neste projeto, desenvolveu-se um aplicativo móvel com os componentes de gamificação, como ferramenta auxiliar de ensino para médicos residentes de Otorrinolaringologia, e analisou-se sua usabilidade, seu conteúdo e seu impacto nos afetos dos participantes. Inicialmente, realizou-se uma análise de demanda em que se identificou que as subáreas de Medicina do Sono e Estomatologia foram apontadas por mais de 30% dos participantes como aprendizado insatisfatório em todos os campos analisados. Observou-se que a maioria dos participantes (86,1%) considerou o uso de tecnologias digitais da informação e comunicação (TIDC) importantes para seu aprendizado durante a residência (p<0,05). Verificou-se que houve uma redução na percepção de que a residência médica valoriza/valorizou as repercussões dos seus afetos no aprendizado durante a residência, de 50%, no grupo dos Otorrinolaringologistas, para 8,3%, no grupo dos residentes (p<0,05). Na avaliação pelos juízes, obteve-se um System Usability Scale (SUS) de 82,92; Net Promoter Score (NPS) de 96,66%; e Instrumento de Validação de Conteúdo Educacional em Saúde (IVCES) de 83,11. Na avaliação pelos residentes, obteve-se uma pontuação na escala SUS de 82,14; IVCES de 61,67; e, Positive and Negative Affect Scale Versão Reduzida para Português (PANAS - VRP) de 18,50 para os afetos positivos e 9,43 para os afetos negativos. Conclui-se que o aplicativo denominado Otogame ® possui usabilidade excelente e predominância dos afetos positivos durante o uso, mas demanda aprimoramento de conteúdo com maior direcionamento para as subáreas de Medicina do Sono e Estomatologia, com questões comentadas e elaboradas em contextualização com casos clínicos visando atingir patamares mais altos da pirâmide de Kirkpatrick e da Taxonomia de Bloom.
Keywords: Otorrinolaringologia
Educação Médica
Aplicativos Móveis
URI: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/1310
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Ensino na Saúde e Tecnologias Educacionais - Dissertações Defendidas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANA LÍVIA DE BARROS ROCHA.pdf3.08 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.