Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/737
Title: Análise Comparativa de Dois Métodos de Estimativa de Idade em Uma População do Nordeste Brasileiro
Authors: CORREIA, Adriana de Moraes
metadata.dc.contributor.advisor: BEZERRA, Tácio Pinheiro
Issue Date: 2019
Citation: CORREIA, Adriana de Moraes. Análise Comparativa de Dois Métodos de Estimativa de Idade em Uma População do Nordeste Brasileiro. 2019.Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências Odontológicas) - Centro Universitário Christus, Fortaleza, 2019.
Abstract: A estimativa de idade tem grande relevância no ambiente forense, destacando-se, nos indivíduos vivos, os casos de questionamento da imputabilidade penal de jovens infratores. Os métodos de estimativa de idade que utilizam como referência a mineralização e erupção dentárias, em indivíduos a partir dos 14 anos, apresentam apenas o terceiro molar para análise. O presente trabalho tem o objetivo de comparar dois métodos radiográficos de estimativa de idade dentária. Foi realizado estudo transversal com 1200 imagens de radiografias panorâmicas digitais de indivíduos de 16 a 21 anos, de ambos os sexos, provenientes de um serviço de imaginologia odontológica de referência, no Nordeste brasileiro. A imagens foram submetidas à processos de estimativa de idade segundo as metodologias de Atlas London e do Índice de maturação do terceiro molar (I3M) proposto por Cameriere. Os dados foram submetidos à análise estatística de modo a verificar a sensibilidade, especificidade e acurácia em discriminar adultos e menores de idade considerando-se cada método. Quanto ao total da amostra, para o método de Cameriere, foram obtidas sensibilidade de 94,1%, especificidade de 55,4% e acurácia de 79,8%. Para o método de Atlas London foram encontradas sensibilidade de 92,3% especificidade de 56,0% e acurácia de 79,9%. Em ambos os métodos o sexo feminino foi mais corretamente classificado em relação ao masculino. Utilizando-se apenas um dos dois métodos estudados, obteve-se melhor acurácia, de 80,5%, comparada com utilização conjunta das duas técnicas para o mesmo caso, que foi de 79,3%. Concluiu-se que os métodos de Cameriere e Atlas London apresentaram acurácia semelhantes na amostra total da população estudada, e que ambos podem ser usados para os casos de questionamento de imputabilidade penal. Entretanto, recomenda-se a combinação com análise da maturação física e métodos que analisem crescimento ósseo pela radiografia de mão e punho para uma objetiva e concisa resposta as autoridades judiciais.
Description: The age estimation has great relevance in the forensic environment, especially, in the live individuals, the cases of questioning of the criminal imputability. The age estimation methods that use dental mineralization and eruption as a reference has only the third molar for analysis in individuals from 14 years of age. The aim of this study is to compare two radiographic methods of dental age estimation. A cross - sectional study was carried out with 1200 digital panoramic radiographic images of subjects from 16 to 21 years old, of both sexes, coming from a reference dental imaging service in the Brazilian Northeast. The images were submitted to age estimation procedures according to Atlas London methodologies and the third molar maturation index (I3M) proposed by Cameriere. The data were submitted to statistical analysis in order to verify the sensitivity, specificity and accuracy in discriminating adults and minors considering each method. As result, for the Cameriere method, sensitivity of 94,1%, specificity of 55,4% and accuracy of 79.8% were obtained. For the Atlas London method, sensitivity of 92,3%, specificity of 56,0% and accuracy of 79,9% were found. In both methods the female sex was more correctly classified in relation to the male. Using only one of the two methods, we have a better accuracy of 80.5%, compared to the combined use of the two techniques for the same case, which was 79,3%. We concluded that the Cameriere and Atlas London methods presented similar accuracy in the total sample, in the studied population, and that both can be used for criminal imputability cases. However, the combination with analysis of physical maturation and methods that analyze bone growth by hand and wrist radiography is recommended for an objective and concise answer to the judicial authorities.
Keywords: Estimativa de idade
Imputabilidade penal
Terceiro molar
URI: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/737
Appears in Collections:Mestrado Acadêmico em Ciências Odontológicas - Dissertações Defendidas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ADRIANA DE MORAES CORREIA.pdf1,1 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.