Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/1081
Title: Modelo de treinamento simulado de anastomose ureteropiélica na pieloplastia laparoscópica
Authors: LIMA, Juliana Cynara Santos
metadata.dc.contributor.advisor: BORGES, Gleydson César de Oliveira
Issue Date: 2020
Citation: LIMA, Juliana Cynara Santos. Modelo de treinamento simulado de anastomose ureteropiélica na pieloplastia laparoscópica. 2020. (Mestrado Profissional em Tecnologia Minimamente Invasiva e Simulação na Área da Saúde) – Centro Universitário Christus, Fortaleza, 2020.
Abstract: Introdução: a estenose da Junção Ureteropiélica (JUP) é o estreitamento do ureter em sua parte proximal. A técnica cirúrgica padrão-ouro é a pieloplastia desmembrada, descrita por Anderson-Hynes videolaparosocopica. A utilização da simulação apresenta um enorme potencial no ensino da medicina. Objetivo: desenvolver um modelo para treinamento simulado de anastomose ureteropiélica na pieloplastia laparoscópica. Metodologia: estudo experimental longitudinal e de caráter quantitativo com amostra por conveniência de 16 participantes. Destes, 11 médicos estudantes da pós-graduação de cirurgia minimamente invasiva da UNICHRISTUS e 5 médicos experts urologistas. Realizou-se produção inicial de um instrumento sintético para simular uma pelve renal e a porção proximal do ureter posicionadas em uma plataforma dentro de simuladores laparoscópicos para realizar a simulação realística da anastomose ureteropiélica. A sutura padrão foi simples, contínua e em plano único com 1 unidade de fio seda 2.0. Desenvolveu-se um passo a passo para a realização do modelo de treinamento de anastomose ureteropiélica. Os treinamentos foram divididos, igualmente, em 3 sessões e aconteceram em um período de 4 semanas. O julgamento das anastomoses confeccionadas foi realizado em 2 etapas. Primeiramente, pelo avaliador cirurgião, uma análise quantitativa utilizando o tempo do participante para realizar cada anastomose e avaliação da performance dos médicos durante o treinamento com um checklist. No segundo momento, um cirurgião, por meio da análise de fotos das anastomoses finais acerca da simetria/regularidade, da assimetria/ irregularidade, do fechamento da parede anterior e/ou posterior e da presença ou ausência de estenose, a firmeza dos nós e a quantidade de pontos realizados na anastomose. Resultados: na avaliação do treinamento das suturas de todos os participantes divididas em 3 etapas, constatouse a diminuição do tempo para realização da anastomose, com mediana de 17,83 minutos na 1ª etapa e 14,21 minutos na última, apresentando p significativo de 0,01. Em relação aos nós, na 1ª etapa, 5% dos nós foram considerados firmes com evolução para 30% na última etapa, sendo essa avaliação estatisticamente significativa, com p de 0,011. Na avaliação do grau de simetria, também foi perceptível uma evolução, sendo na 1ª etapa dos participantes os graus maiores de simetria de 4 a 6 ausentes e, na 3ª etapa, 3 participantes com grau 4, 4 com grau 5 e 1 com grau 6, e avaliação com p significante de 0,002. Na comparação da avaliação do treinamento das suturas dos experts, ao final, percebeu-se a melhor evolução dos estudantes com mediana do tempo com 16,96 minutos, contrapondo com os experts com 15,28 minutos. Percebeu-se ainda no parâmetro de firmeza dos nós, na 3ª etapa, nos estudantes de 45% e nos experts de 55%. No fechamento da parede anterior, os 2 grupos foram semelhantes. No fechamento da parede posterior, apenas 28,6% dos estudantes realizaram a última etapa, contrapondo 71,4% dos experts, com presença de p significativo de 0,001. Na avaliação da presença ou ausência de estenose da anastomose, 2 estudantes tiveram estenose na 1ª etapa, mas nenhum dos experts. Conclusão: O desenvolvimento de um modelo para o treinamento simulado da anastomose ureteropiélica é benéfico para aquisição de habilidades e melhora da performance da mesma. Sugiro a ultilização do modelo de treinamento de anastomose ureteropiélica como educação profissional de residentes em formação e na educação continuada de profissionais urologistas.
Keywords: Anastomose ureteropiélica
Treinamento por simulação
Laparoscopia
URI: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/1081
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Tecnologia Minimamente Invasiva e Simulação na Área da Saúde - Dissertações Defendidas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JULIANA CYNARA SANTOS LIMA.pdf2.66 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.