Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/1356
Title: Desenvolvimento e avaliação da usabilidade de um aplicativo para visita multiprofissional em UTI.
Authors: MENEZES, Natália Soares de
metadata.dc.contributor.advisor: HOLANDA, Marcelo Alcantara
Issue Date: 2022
Citation: MENEZES, Natália Soares de. Desenvolvimento e avaliação da usabilidade de um aplicativo para visita multiprofissional em UTI. 2022. Dissertação (Mestrado Profissional em Tecnologia Minimamente Invasiva e Simulação na Área de Saúde) – Centro Universitário Christus, Fortaleza, 2022.
Abstract: A terapia intensiva é uma área de convergência multiprofissional dentro do sistema de atendimento hospitalar. Os resultados de suas atividades dependem do estreito relacionamento entre os membros da equipe e da colaboração interdisciplinar. A comunicação eficiente entre profissionais é considerada a chave para a cultura de segurança de pacientes agudos. A Visita ou Round Multiprofissional é considerada uma atividade clínica crítica para prover segurança ao paciente e alta qualidade assistencial. Para o seu desenvolvimento adequado é necessário utilizar uma lista de checagem para evitar omissões e negligências a pontos importantes do cuidado. Os objetivos deste trabalho foram desenvolver um aplicativo para sistemas móveis visando a realização da visita multiprofissional em UTI de adultos e avaliar a sua usabilidade por profissionais com experiência na área. Tratou-se de estudo composto por duas fases: Fase 1, desenvolvimento do aplicativo e Fase 2, observacional e transversal de avaliação da usabilidade do aplicativo por especialistas em terapia intensiva em UTI de Hospital terciário e de ensino. O aplicativo foi desenvolvido no formato PWA (Progressive Web App) compatível com as plataformas iOS e Android. Para a segunda fase utilizou-se o questionário System Usability Scale (SUS®). Pela aplicação do mesmo, profissionais especialistas (dois médicos intensivistas, uma fisioterapeuta, uma nutricionista e dois enfermeiros) o avaliaram, obtendose o escore médio de 95,42 sendo o intervalo de confiança de 90,89 – 99,93 e desvio padrão de 4,31, valor de escore médio que representa classificação de A+ na escala de Sauro e Lewis (método para interpretação da pontuação do SUS). Os observadores fizeram sugestões importantes para aprimorar o conteúdo incluindo: acrescentar opção de alta: “Alta para casa”; opções para justificar o motivo de o paciente não atingir as metas nutricionais calóricas e proteicas e apresentá-las separadamente; cronômetro para contagem de tempo; gerar taxa de utilização de dispositivos e, baseado nos dados, a sugestão das metas diárias com campo aberto para acrescentar outros itens. Conclui-se que foi desenvolvido um aplicativo móvel para profissionais de saúde para facilitar a visita multiprofissional diária em UTI adulto com usabilidade satisfatória.
Description: Intensive care is an area of multiprofessional convergence within the hospital care system. The results of their activities depend on the close relationship between team members and interdisciplinary collaboration. Efficient communication between professionals is considered the key to the safety culture of acute patients. The Multiprofessional Visit or Round is a critical clinical activity to provide patient safety and high-quality care. For its proper development, it is necessary to use a checklist to avoid omissions and neglect essential points of care. The objectives of this work were to develop an application for mobile systems to carry out the multiprofessional visit in an ICU for adults and to evaluate its usability by professionals with experience in the area. This was a two-phase study: Phase 1, application development, and Phase 2, observational and cross-sectional evaluation of the application's usability by specialists in intensive care in the ICU of a tertiary and teaching hospital. The application was developed in PWA (Progressive Web App) format, compatible with iOS and Android platforms. For the second phase, the System Usability Scale (SUS®) questionnaire was used. By applying it, specialists (two intensive care physicians, a physical therapist, a nutritionist, and two nurses) evaluated it, obtaining an average score of 95.42 with a confidence interval of 90.89 – 99.93 and a standard deviation of 4.31, a mean score representing A+ classification on the Sauro and Lewis scale (method for interpreting the SUS score). Observers made important suggestions to improve the content, including adding a discharge option: “Discharge to home”; options to justify why the patient did not reach the caloric and protein nutritional goals and present them separately; a stopwatch for counting time; generating a device utilization rate and, based on the data, the suggestion of daily goals with an open field to add other items. A mobile application was developed for health professionals to facilitate the daily multiprofessional visit in an adult ICU with satisfactory usability
Keywords: Unidade de Terapia Intensiva
Lista de checagem
Equipe de assistência ao paciente
Aplicativos Móveis
Relações interprofissionais
Comunicação em saúde
URI: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/1356
Appears in Collections:Mestrado Profissional em Tecnologia Minimamente Invasiva e Simulação na Área da Saúde - Dissertações Defendidas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
NATÁLIA SOARES DE MENEZES.pdf3.23 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.