Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/1094
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.contributor.advisorCOSTA, Larisse Oliveira-
dc.contributor.authorSANTOS, Adriana Rodrigues dos-
dc.date.accessioned2021-03-01T12:02:50Z-
dc.date.available2021-03-01T12:02:50Z-
dc.date.issued2020-
dc.identifier.urihttps://repositorio.unichristus.edu.br/jspui/handle/123456789/1094-
dc.description.abstractA sustentabilidade é um tema discutido atualmente, um termo relacionado ao uso ou descarte consciente de materiais, entre outras ações. Não é recente o interesse das pessoas pela sustentabilidade, as empresas também estão se preocupando cada vez mais com o meio ambiente para ter uma vantagem competitiva. Infelizmente, ainda há muitos problemas causados pela poluição, uso incorreto ou abusivo de recursos naturais. Por razões ecológicas, legais, econômicas e para minimizar esses problemas muitas empresas começaram a utilizar a distribuição reversa; dependendo do ramo da empresa, essa prática é por lei obrigatória, por exemplo, as que trabalham com a cadeia de medicamentos. Por isso é um tema relevante para as empresas e para os consumidores que visa o foco da conscientização. Portanto, esse trabalho tem como objetivo geral mostrar como a distribuição reversa pode melhorar a sustentabilidade da cadeia de medicamentos. No Referencial Teórico foram abordados os temas de logística reversa, de logística verde, de resíduos sólidos, leis e medicamentos. A metodologia utilizada neste trabalho foi do tipo estudo de caso e descritiva. Por meio de pesquisa quantitativa e qualitativa foi realizado um questionário fechado para os consumidores de medicamentos, um questionário aberto para as duas empresas de rede farmacêuticas e um roteiro de entrevista para a empresa distribuidora. Nas análises dos resultados foi possível constatar que ainda há pouco conhecimento sobre a prática do descarte correto de medicamentos e poucas ações praticadas pelas organizações entrevistadas. Conclui-se, a importância dessa prática acerca da sustentabilidade da cadeia de resíduos sólidos de saúde, para minimizar os impactos negativos causados por esse descarte incorreto de medicamentos vencidos.pt_BR
dc.language.isopt_BRpt_BR
dc.subjectSustentabilidade. Distribuição Reversa. Medicamentos. Logística. Descarte.pt_BR
dc.titleA DISTRIBUIÇÃO REVERSA COMO MELHORIA PARA A SUSTENTABILIDADE DA CADEIA DE MEDICAMENTOSpt_BR
dc.typeTCCpt_BR
dc.title.inglesREVERSE DISTRIBUTION AS AN IMPROVEMENT FOR SUSTAINABILITY DRUG CHAINpt_BR
dc.description.resumo_abstractThe sustainability is a topic being discussed nowadays, a term related to the conscious use or disposal of materials, among other actions. It is not only today that people who are interested in sustainability, the companies are also increasingly concerned with the environment to have a competitive advantage. Unfortunately, there are still many problems caused by pollution, misuse or abuse of natural resources. On ecological, legal, economic reasons and to minimize these problems many companies have started to use reverse distribution, depending on the branch of the company, this practice is mandatory by law, for example, those that work with the drug chain. That is why it is a relevant topic for companies and consumers, which aims to raise awareness. Therefore, this work has the general objective of showing how reverse distribution can improve the sustainability of the drug chain. In the Theoretical Framework, the themes of reverse logistics, green logistics, solid waste and laws and, finally, medicines were addressed. The methodology used in this work was a case study and descriptive. Through a quantitative and qualitative research, a closed questionnaire was conducted for drug consumers, an open questionnaire for the two pharmaceutical chain companies and an interview script for the distribution company. In the analysis of the results it was possible to verify that there is still little knowledge about the practice of correct disposal of medicines and few actions taken by the organizations interviewed. We conclude then the importance of this practice regarding the sustainability of the solid health waste chain, to minimize the negative impacts caused by this incorrect disposal of expired medicines.pt_BR
Appears in Collections:Administração (Presencial) - Trabalhos de Conclusão de Curso

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Adriana Rodrigues dos Santos.pdf5.87 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.